3 Verdades Sobre o Medo

Por que você precisa enfrentá-lo para ser a sua melhor versão?

Hoje resolvi falar sobre um assunto que muitas de vocês deixam nas entrelinhas quando conversam comigo no Instagram e nas outras redes sociais, que é o medo. E por que você precisa enfrentá-lo?

Para começar, vale dizer que o medo é a maior barreira que impede você de ser a sua melhor versão. Ele estabelece a distância entre aquilo que você é, hoje, e aquilo que você nasceu realmente para fazer.


De repente você chegou a um ponto da sua vida em que olha pra trás e se sente mal por tudo o que deixou de realizar por causa do medo. Ou, talvez, você até mesmo tenha adoecido por causa do medo e, hoje, esteja vivendo à base de remédios, sentindo em seu corpo os efeitos colaterais de uma mente que nunca descansa.

Então…. Eu já fui essa pessoa que estava adoecida física e emocionalmente, que tinha várias áreas da vida paralisadas por causa do medo. Cheguei aos 40 anos assim. Mas, um dia, uma chave virou na minha vida e eu comecei a entender que o meu medo não era tão gigante sozinho, porque, na verdade, ele era do tamanho que eu dava para ele.

Tenho aprendido a governar a minha mente em relação a isso, dia após dia, e você também pode avançar nesse sentido.

Vamos, agora, falar sobre 3 verdades sobre o medo, que, se fizerem sentido pra você, podem ajudá-la a caminhar em direção à sua melhor versão:

  1. O medo é aprendido: O medo que a maioria de nós sentimos foi aprendido a partir dos acontecimentos em nossa vida ou a partir das experiências de outras pessoas, e cujos impactos foram transmitidos ou ensinados por elas para nós.
  2. O medo é como uma semente que cresce no “terreno” vazio da nossa mente: Quando não governamos nossos pensamentos e emoções, o medo ganha espaço cada vez mais em nós. Lembre-se que, em grande parte, esse medo tem fundamento em fatos nem sempre correspondentes à realidade.
  3. A maior parte dos medos que carregamos é fruto de termos acreditado em algo que alguém que respeitamos nos contou e que aceitamos sem questionar. O grande problema é que esse tipo de coisa acontece conosco, muitas vezes, ainda na infância, e acabamos crescendo com crenças muito fortes instaladas em nós, as quais temos muito receio de confrontar.

Como disse, eu já sofri muito por causa do medo. E esse medo atingia muita coisa na minha vida, incluindo a minha autoimagem, a minha autoestima e as conquistas que eu gostaria de realizar em minha vida. Mas um dia eu resolvi cuidar desse aspecto da minha vida e desenrolar esses “nós cegos” que me atrapalhavam de ser a minha melhor versão.

Pode parecer bobo ou inútil falar desse assunto, mas vencer certos fantasmas pessoais pode transformar TUDO na sua vida. Inclusive em relação a fazer as pazes com o espelho…

Desejo que você seja a sua melhor versão hoje e tenha saúde em todos os níveis! Abraços!!

Patty Azevedo (vem conversar mais no meu instagram)


LEIA TAMBÉM

Deixe uma resposta