Autoestima é uma atitude

Com frequência recebo perguntas na caixinha do Instagram sobre como melhorar a autoestima. São dezenas de mulheres que estão com suas autoestimas minadas, pelo cansaço extremo de multitarefas, pela comparação com a pseudo realidade de outras mulheres e com isso abandonaram seu autocuidado e deixaram de olhar para si mesmas. Sinto o desespero de algumas dessas mulheres me questionando qual o segredo para uma autoestima elevada, como deixar de se sentir tão pequena, como ser mais atraente, realizada e feliz. Mas a grande verdade é que não existe uma receita mágica para isso, não se trata de misturar alguns ingredientes e pronto, não é acordar um belo dia amando-se e achando-se linda.

Então qual o segredo?

Eu poderia ficar horas escrevendo pra vocês sobre aceitação, autoconhecimento, mas o bem da verdade é que autoestima também envolve: ATITUDES!

O que você tem feito por você?

Apenas trabalho, cuidar dos filhos, da casa, dormir e acordar no dia seguinte para seguir o mesmo cronograma? Você está no automático?

Portanto, se você deseja elevar sua autoestima, você precisa agir.

Deseja se sentir uma pessoa mais culta e interessante? Uma boa estratégia é começar a ler mais, selecione um livro leve e com tema interessante, comece com isso a melhorar sua oratória, vocabulário e repertório de assuntos quando estiver socializando.

Deseja se sentir mais bela? O que você pode fazer dentro da sua realidade que enalteça seus pontos fortes? Uma dica é começar com um skincare, um spa day, estudando um pouco sobre moda, fazendo uma consultoria de estilo para saber o que fica ainda mais bonito em você, um curso de auto maquiagem. Acredite, isso pode fazer muita diferença.

Deseja se sentir mais confiante? Nada nos deixa mais confiante do que enxergar os resultados do nosso próprio trabalho, portanto, faça e tenha o reforço disso. Busque fazer pequenas coisas, mas que estão no seu controle.

E por fim, mas não menos importante, cuide da sua saúde mental, invista no seu bem mais valioso, você! Existem cuidados de fora para dentro, mas nada é mais revolucionário do que começar a cuidar de dentro para fora.


Jennifer Lisboa

Psicóloga clínica online

CRP 01/20655

Deixe um comentário