Mitos e verdades da dieta líquida pré bariátrica.

Nem todos fazem a dieta líquida no pré operatório! Então por quê eu?

É verdade que alguns pacientes não fazem a famosa dieta líquida do pré operatório. Por isso, resolvi dizer pra você quais são as indicações:

  • Circunferência abdominal aumentada (acima de 80 cm para as mulheres e 94 cm para homens);
  • Despedidas alimentares antes da cirurgia bariátrica;
  • Esteatose hepática (acúmulo de gordura no fígado);
  • Apneia do sono;
  • Curva de peso crescente antes da cirurgia;
  • IMC acima de 40.

Então mesmo que um paciente tenha IMC 35 kg/m2 com circunferência abdominal aumentada ele precisa dessa conduta, entenderam?

Cada paciente deve ser avaliado pela equipe e chegar em um consenso, principalmente o profissional nutricionista e o cirurgião bariátrico. Existem casos de pacientes que precisam de mais de 15 ou mais dias dessa dieta no pré operatório e já em outros 5 dias resolve! Isso dependerá também muito de qual é a meta de perda de peso no pré operatório e o quanto esse paciente já perdeu dessa meta.

Os objetivos dessa dieta são:

  1. diminuição do tamanho do fígado;
  2. Evolução para uma curva de peso descendente no pré operatório;
  3. Diminuição da pressão intra-abdominal;
  4. Melhora da recuperação do paciente no pós operatório;
  5. Diminuição de tempo de cirurgia;
  6. Diminuir as chances de possíveis complicações no trans e pós operatório.

Gostaram dessa matéria? Tem muitas dúvidas em relação a esse assunto? Mande pra gente!

Um beijo grande

Marcelle Vieira

Nutricionista Bariátrica, Clínica e Funcional

Um comentário

  • Graziella Aquino Alves

    24 de março de 2021 at 07:54

    Fiz a dieta liquida pré operatória com a Dra Marcelle e não me arrependo, me ajudou muito no pós operatório e a passar mais facilmente pela dieta liquida pós operatória

    Responder

Deixe uma resposta