Quadro dos Sonhos

Oi, tudo bem? Hoje eu gostaria de propor a você um exercício de programação mental bem lúdico e divertido, mas muito poderoso, que é o Quadro dos Sonhos (também chamado de dream board ou vision board ). Já ouviu falar disso?

O Quadro dos Sonhos, na verdade, é uma ferramenta de visualização que serve para que, por meio de imagens, você acione sua mente inconsciente, de modo a acionar sentimentos, emoções e atitudes que levem você a alcançar os resultados que você espera (no caso, os resultados são aquilo que você colocou nas imagens), no curto, no médio e no longo prazo.  

O poder dessa técnica está em visualizar as imagens escolhidas, de forma repetitiva, a ponto de que essas imagens estejam impregnadas na área mais profunda do seu cérebro de tal forma que, mesmo de forma inconsciente, você passe a agir de modo a realizar aqueles sonhos. Quanto mais você se vê tendo alcançado seus objetivos e acionando os sentimentos relacionados a eles, mais você estimula sua mente a acreditar que é possível alcançar tal realidade, fazendo-a trabalhar nesse sentido.

Exemplo de quadro dos sonhos aleatório feito no PowerPoint

Posso dizer a você que essa técnica funciona sim! Eu mesma tenho o meu quadro dos sonhos e olho para ele diariamente, pelo menos 2x por dia. Já alcancei alguns deles, outros estão a caminho. Quer saber mais detalhes sobre como utilizar essa ferramenta? Vamos lá:

Há pelo menos 2 formas de fazer o seu Quadro dos sonhos: física ou eletrônica. Se quiser fazer da forma física, você vai precisar de:

  • 1 papel grande ou cartolina;
  • 1 cola;
  • 1 tesoura;
  • imagens coloridas ou fotos.

Se quiser fazer da forma eletrônica, você vai precisar de:

  • um computador, ou tablet, ou smartphone;
  • um programa (powerpoint, Canva, etc.);
  • imagens salvas que representem seus sonhos.

Em ambos os casos, você precisa selecionar algumas imagens COLORIDAS (não podem ser pretas e brancas e nem cinzas) e organizá-las na sua folha física ou virtual, de modo que fique atrativo e fácil de enxergar. Depois de coladas as imagens, você deve colocar o quadro em um local onde consiga olhar para ele no mínimo 2x por dia, todos os dias, durante alguns meses. Se optar pela versão eletrônica (é o meu caso), você pode salvá-la na tela do seu equipamento.

Depois de alguns meses, à medida em que alguns sonhos forem se realizando, você pode reconfigurar o seu quadro ou fazer outro totalmente novo.

Mais uma coisa: não pode ter nada escrito nesse quadro. Apenas imagens.

Que tal colocar em prática esse exercício hoje mesmo? Faça e depois venha contar para nós!!

Abraços!!

Patty Azevedo

Deixe uma resposta