Análise de coloração pessoal

Análise Cromática, Teste de Cor… Será que isso faz diferença pra mim??

Já vestiu aquela roupa maravilhosa que você viu na vitrine mas, em você ficou assim, um tanto estranha, mesmo sendo o seu número? Ou então você achou uma determinada roupa ou cor de cabelo maravilhosos em uma determinada pessoa, mas quando foi a sua vez de experimentar, você se sentiu a pessoa mais bizarra da face da Terra? E aquela maquiagem linda que você viu na modelo do tutorial do YouTube, mas que deixou você 15 anos mais velha por ter ressaltado todas as suas linhas de expressão? Pois é, o problema pode estar justamente na escolha de cores erradas para você.

Existe um tipo de serviço prestado por consultores de imagem, em sua maioria, que se chama “análise de coloração pessoal”, “teste de cor” ou “análise cromática”. Essa análise tem como principal objetivo descobrir as cores que valorizam o tom de pele da pessoa, ajudando-a no processo de escolha de peças, a montar um guarda-roupas mais eficiente e favorável (além de economizar, evitando comprar peças por impulso, sem que essas peças sejam favoráveis).

Existem vários tipos de testes que os profissionais fazem com seus clientes. Nestes, são analisados aspectos como temperatura, luz e sombra, contraste, etc. A partir do diagnóstico, é escolhida a paleta de cores ideal e personalizada para a pessoa. 

BENEFÍCIOS DA ANÁLISE DE COLORAÇÃO PESSOAL:

– Descobrir as cores que valorizam o tom da pele;

– Minimizar linhas de expressão;

– Auxiliar no momento da compra de novas peças;

– Auxiliar na escolha do tons para cabelo e maquiagem.

A análise de coloração pessoal é indicada para vários tipos de pessoas, principalmente: 

– Pessoas com dificuldade de fazer combinações legais; 

– Pessoas que têm dúvidas sobre quais cores ficam legais; 

– Pessoas que desejam valorizar seus pontos fortes;

– Pessoas que desejam fazer escolhas melhores na hora da compra.

Ao final do teste, o cliente recebe uma cartela, que servirá como um guia para entender as suas características de pele (e cabelos). Usando as cores nos tons certos, é possível ver muitos efeitos positivos, como por exemplo: suavização da textura da pele, olheiras e marcas de expressão; valorização dos traços; aparência saudável; jovialidade, entre outros. As cores da cartela devem ser usadas, principalmente, nas peças que serão utilizadas perto do rosto, para cores de maquiagem e para os tons de cabelos.

A Mari, autora do blog, já fez e postou todos os detalhes no insta:

O dela deu INVERNO ESCURO. Bacana, né?!

E você? Já fez esse teste? Como foi a experiência? Eu pessoalmente nunca fiz esse teste com um profissional, fui aprendendo um pouco por meio de tentativa e erro ao longo dos anos. Hoje já tenho uma certa ideia do que me favorece ou não, mas ainda quero muito fazer essa análise! Compartilhe nos comentários como foi a sua experiência. 

Beijos e até a próxima!!

Patty Azevedo 

Deixe uma resposta