O que é felicidade para você?

Oi, gente!

Como vocês estão?

Estou falhando com minha peridiocidade aqui não é mesmo? Mas eu sou um ser humano em desenvolvimento e melhora!

Já parou para observar que desde o século XX que o assunto mais falado é FELICIDADE?

“Como ser feliz?”
“O ápice da felicidade”
E por aí vai.
São diversos livros, artigos, programas, tudo o que você pode imaginar falando sobre felicidade e como alcançá-la.
Mas para VOCÊ, o que é felicidade? Sem máscaras, sem feed do instagram, sem precisar postar status no facebook. O que é ser DE FATO feliz?
Até uns 4 anos atrás eu e minha família estávamos sempre fazendo trabalhos sociais (inclusive preciso voltar ASAP!!!) e numa dessas saídas fomos visitar uma família bem carente. A mãe, que estava em fase de desintoxicação química, estava no 5o filho de diferentes pais sem saber quem era nenhum deles. O evento era um chá de bebê para o filho que estava por vir.
Sabe o que eu vi naquele lugar?
Felicidade genuína.
Eu vi risos sinceros, abraços cheio de vontade, palavras de amor em meio a um desentendimento que tiveram na cozinha por conta do cachorro quente.
Vi alegria ali naquele lugar.
Era um barraco em Ceilândia com paredes inacabadas com plásticos para não entrar chuva, uma laje meio quebrada e 3 cômodos de mais ou menos 20 metros quadrados para 6 pessoas, uma família sem nenhuma expectativa de vida, uma mãe que não sabia como ia alimentar seus filhos no dia seguinte.
Era também fartura na mesa, lembrancinha para todos os convidados, familiares preocupados, amigos com o braço estendido para levar esperança onde não tinha.
Lembro de ir numa festa com pessoas de classe AA onde o buffet era limitado, as intrigas corriam nos lábios de quem se comunicava. Nenhum sorriso; somente aqueles amarelos de lado para elogiar falsamente a bolsa Gucci de nova coleção da amiga ao lado.
É claro que já fui em eventos de pessoas riquíssimas que estavam genuinamente felizes, mas veja bem onde quero chegar.
Felicidade já sabemos que não está em coisas materiais, mas onde está?
Eu lembro que nesse chá de bebê estávamos rindo falando de Jesus e do amor de Deus.
Lembro também que nessa festa não consegui conversar com ninguém, pois os assuntos eram rasos e frios.
JESUS. Ele é a palavra-chave. Ele quem torna os lugares alegres e que faz pessoas felizes. Ele é a esperança e a prova do amor divino.
Quando falamos Dele e estamos cercado por coisas Dele, tudo FLUI e a felicidade invade.
Vamos deixar a felicidade entrar?
Até semana que vem!
Com carinho,
Ju <3

Deixe uma resposta