Ensinamento d’O Milagre da Manhã, de Hal Elrod

Olá! Sabe aquele livro que você termina de ler e quer ler de novo? Então, isso foi o que eu senti em relação ao Milagre da Manhã, de Hal Elrod. Existem diversas versões “filhotes” da versão inicial, como a versão para casais, a versão vida financeira, a versão Equação do Milagre, e outras, mas a minha preferida, mesmo, é a primeira.

A ideia central desse livro é a de que se a primeira hora do dia for bem utilizada, todo o restante do seu dia pode ser transformado para melhor. E isso, se repetido ao longo de semanas, meses e anos, pode transformar completamente os resultados da vida de uma pessoa. 

O autor propõe a aplicação de 6 práticas todas as manhãs. E que práticas seriam essas?

1) Silêncio consciente: para aumentar o estado de clareza mental, reduzir o stress, aumentar a autoconsciência e acalmar a mente. Isso faz com que logo ao acordar você não entre de sopetão em um ritmo desenfreado, abrindo celular, resolvendo coisas, mas trazendo a mente para o presente e se conectando consigo mesmo. Você pode fazer uma respiração mais pausada nesse momento, fazer suas reflexões, orações, meditações ou, ainda, exercitar a gratidão nesse momento.

2) Afirmações: são frases ou textos que fazem sentido para você e que você vai conscientemente repetir para si mesmo, a fim de reprogramar crenças instaladas no seu subconsciente.

3) Visualizações: exercício em que você vai utilizar a sua criatividade para gerar imagens para sua mente relacionadas ao seu dia, aos resultados que você quer alcançar. A nossa mente trabalha com imagens, portanto, a proposta é que você crie uma imagem mental clara daquilo que você deseja, de modo a reprogramar seu comportamento.

4) Exercícios físicos: não precisa ser uma série completa de exercícios, basta apenas uma atividade rápida, de 10 a 20 minutos, a fim de aumentar a disposição, a clareza e a saúde para o restante do dia.

5) Leitura: a proposta é fazer uma leitura rápida, de 15 a 20 minutos, de conteúdo preferencialmente relacionado ao desenvolvimento pessoal.

6) Escrita: nesse momento você pode escrever seus pensamentos, sentimentos, insights que vieram durante a execução das demais práticas ou qualquer outra ideia diferente. Você também pode fazer perguntas para si mesmo e anotar as respostas que vieram à sua mente. [conheça planners que estimulam essa atividade clicando aqui]

Em suma, vale à pena experimentar acordar um pouco mais cedo e experimentar colocar em prática as ideias sugeridas pelo autor. O intuito é gerar em você a consciência de que você é a sua maior prioridade, e que vale à pena dedicar um tempo para investir em si mesmo.

Inclusive, já falei desse livro em um vídeo do meu canal no youtube (assista lá e aproveite para se inscrever!) :

Você já leu esse livro? Qual foi o maior insight que você teve? Compartilhe!

Beijos!!

Patty Azevedo

Deixe uma resposta