Descubra se você está sendo intencional!

Eu sei, eu sei… as vezes você não tá no tal do mood. Não tá afim. Mas olha quando você consegue ver os objetivos, tudo se torna intencional para alcança-los. Já percebeu? A forma que você se veste, por exemplo, indica suas intenções. Qual a sua intenção? Mostrar algo mais relax, mais formal, mais minimalista? Você pode até pensar “Mas na reunião que vou fazer, as pessoas querem saber das idéias, e não de como eu estou vestida”. De fato, parte disso é verdade, por 15% da linguagem é pela fala. As outras porcentagens são micro expressões faciais, tom de voz, roupa, maquiagem, o movimento das suas mãos, sua postura. Já pensou? Não tem como se esconder ou tentar disfarçar. Tem que ser por inteiro.

Isso foi só um exemplo, claro. Não é regra. Foi só pra mostrar o poder de entender todas as ferramentas que você tem e é, dentro de um contexto. E sabendo desses “detalhes”, acredito que fica mais fácil você passar a mensagem que deseja. “Nossa, mas então eu não vou ser eu mesma?!” Quem disse? Você pode ser muito mais o que é, sabendo exatamente o que quer passar, e como quer passar. A tal da autenticidade vem daí. Você não precisa ser fake pra passar a mensagem. Você não precisa copiar ninguém. Você existe de uma forma única. Esse é o seu diferencial. Portanto tire vantagem de ter a sua forma de pensar os assuntos. Leia mais! Se alimente de informações que representem ao menos parcialmente o que você acredita. E o que você também não acredita. Afinal de contas, a gente só consegue discordar daquilo que a gente tem alguma propriedade para falar.

 

Tá, mas por onde eu começo a ser mais intencional?

 

  1. Autoconhecimento. Saiba quais tem sido suas motivações e referências. Saber o porquê você faz da forma que faz, seja o que for, já ajuda demais! Assim a você consegue ir pra próxima etapa.
  2. Autorresonsabilidade. Tome as rédeas. Ninguém fará algo por você que só você pode fazer. E então poderemos ir pra terceira etapa.
  3. Viva a sua vida! Isso mesmo. Tire as distrações, se alimente de bons livros, relacionamentos que te acrescentem. Se alimente com comida de verdade, que vá fazer bem para o seu corpo. A ideia aqui não é que você se torna um ser superior, mas sim alguém que, por cuidar de si e se entender, consegue ajudar o outro a se compreender melhor também. A parte de viver a sua vida também é sobre viver o seu propósito!

 

É possível! E ainda vem acompanhado de muuuuitos benefícios não apenas pra você, mas para as pessoas que estão à sua volta – marido, esposa, filhos, amigos, colegas de trabalho…

 

Temos uma matéria que fala um pouquinho sobre a criação de um hábito. O nome da matéria é Sobre Amor Próprio. Sugiro que dê uma passadinha por lá também!

 

É isso! Espero que tenha gostado do assunto de hoje. Seu feedback é mais que bem vindo por aqui.

 

Com carinho,

Equipe Espelho Rosa.

 

LEIA TAMBÉM

Deixe uma resposta