Chocolate: Vilão ou mocinho?

Ah…. O chocolate…. Será vilão ou mocinho? A resposta: depende! O chocolate pode ser mocinho sim! Isto irá depender da quantidade de cacau presente nele. Hoje em dia o chocolate é acrescido de muito açúcar e gordura tornando-o um alimento ruim e viciante do paladar.

Mas qual chocolate escolher?

As escolhas devem ser baseadas na quantidade de cacau contida no chocolate. O chocolate o amargo tem de 56-99% de cacau (ótima escolha principalmente quando o chocolate tem mais que 70% de cacau); o meio amargo tem de 40-55% de cacau; já o branco tem de 20-30% de cacau sendo uma péssima opção pois possui mais antinutrientes que nutrientes…

O Chocolate amargo é rico em Flavonóides (bioativos antioxidantes) agindo como anti-hipertensivo, favorece o aumento do óxido nítrico (ótima opção como pré treino), age como protetor de doenças cardiovasculares, ajuda na diminuição de mediadores inflamatórios (leucotrienos e prostraglandinas), melhora a glicemia e a resistência à insulina, age como efeito anti-estresse por aumentar níveis de serotonina (hormônio do bem-estar) entre outros benefícios. Bom né?

Posso comer o quanto quiser?

Vários estudos mostram efeitos benéficos na ingestão diária de 15-20 ao dia do chocolate AMARGO.

Procure seu profissional Nutricionista e veja como o chocolate pode ser incluído em seu plano alimentar e em qual quantidade! Fica a dica!

Nutricionista Marcelle Vieira – CRN 1- 2876

Deixe uma resposta