5 Fatos sobre Reganho de Peso em bariátricos

Em minha experiência de consultório, já se somam 18 anos em atendimentos de pacientes de pré e pós cirurgia bariátrica, e escuto muito de pacientes que, desde o pré-operatório, já falam do terror e pânico de reganho de peso após a cirurgia. É verdade que a maioria das queixas sobre reganho de peso é por pacientes do sexo feminino iniciando 2 a 3 anos de pós operatório.

Já é sabido que o reganho de peso, na maioria dos casos, está associado a alguns fatores:

4 ) Baixa atividade física;

5) Abandono da equipe multidisciplinar.

O fato da cirurgia bariátrica ser um ótimo e eficaz instrumento no tratamento da obesidade e suas comorbidades, não significa que ela traz a cura ou resolve permanentemente. O acompanhamento da equipe multidisciplinar (cirurgião, nutricionista e terapeuta) é muito importante, trazendo luz a várias dúvidas e traçando a melhor forma de tratamento de forma individualizada. O que acontece muito é o abandono do tratamento por parte do paciente e o desânimo, vergonha logo em seguida. O que é preciso saber é que a equipe está aqui para te ajudar e NÃO PARA TE JULGAR .

O reganho não é considerado fracasso da cirurgia e sim, um desvio de rota. Se você é um caso de reganho de peso após cirurgia bariátrica, a minha orientação é a seguinte: procure urgentemente uma equipe multidisciplinar especializada para retomada de seu tratamento.

Ultimamente tem se falado muito em cirurgias revisionais, mas somente o cirurgião bariátrico é competente para julgar cada caso. Não fique achando que seu caso não tem jeito. Para o reganho de peso tem jeito sim!

Se quiser conversar comigo, é só chamar AQUI!

Bjo grande.

Marcelle Vieira (Nutricionista Bariátrica)

Deixe uma resposta